Ex BBB cria Universidade do Sexo "É uma plataforma para democratizar a educação sexual"

2 Dec 2019

Mahmoud Baydoun participou do Big Brother Brasil 2018 e agora ministra cursos de sexo

 

Mahmoud foi o sexto eliminado na edição de 2018 do Big Brother Brasil, que consagrou Gleici Damasceno como a grande campeã. O ex BBB tem formação em psicologia e sexologia e revelou em entrevista ao Famosando, que seu intuito nunca foi ganhar o prêmio de um milhão e meio de reais do reality show "Eu entrei no BBB justamente com esse objetivo, de ganhar visibilidade como sexólogo. Eu nunca entrei com o objetivo de ganhar um milhão. Eu sempre tive interesse em seguir carreira acadêmica na área da psicologia sexual. Eu estudei muito, tenho mestrado e especialização"

 

A oportunidade de entrar na casa mais vigiada do Brasil veio a calhar "Eu percebi que eu não tava conseguindo nada no mercado e aí a oportunidade do BBB caiu no meu colo. Quando eu sai da casa, resolvi investir no canal de Youtube e no Instagram, como uma plataforma de democratizar a educação sexual. Comecei a ganhar muito público feminino,  mulheres heterossexuais casadas que querem apimentar as relações"

Fotos Leo Franco/ Agnews

 

Depois do Big Brother, Mahmoud teve dificuldades em arrumar emprego "Eu montei a Universidade Foderal do Sexo, era sonho meu ser professor. Depois do BBB, a gente fica com dificuldade de achar emprego. Então, uni o útil ao agradável e formei a universidade online. Não é uma universidade com aprovação no Mec, mas é uma ideia criativa"

 

O sexólogo ressaltou a dificuldade que as pessoas tem em falar sobre sexo "A gente vive numa sociedade que a gente chama de uma sociedade sexo negativa. Ela silencia a fala sobre sexo. A gente não fala sobre isso, Por exemplo, quando a gente é criança ou adolescente, ensinam noções do corpo e finge que essa parte [apontou área genital] não existe. Não é uma coisa legal, ou então falam coisas negativas do tipo "nossa é nojento, é feio é pecado".

 

"Os casais tem dificuldade em falar sobre sexo entre si. Falam de trabalho, de estudo, de contas, mas não falam de uma coisa que é pilar no relacionamento. Pessoas que não passaram pelo processo de educação sexual tem dificuldade e as mulheres, por serem vítimas de machismo tem mais dificuldade ainda" completou. 

 

O objetivo principal da universidade é democratizar o sexo "A gente tem como objetivo ajudar as pessoas a curtir a própria sexualidade, sem vergonha nem culpa e sem medo de julgamentos" 

 

No final do curso, o aluno recebe um certificado de P.U.T.A. na cama "A gente pegou essa palavra 'puta', que durante vários anos as pessoas usam essa palavra para julgar as mulheres, que expressam liberdade sexual e queríamos pegar essa palavra pra fazer dela algo empoderador, algo que vai transformar a sexualidade feminina. Ao mesmo tempo que é um palavrão, ocupa um lugar no imaginário das mulheres. Dividimos em 4 adjetivos: Poderosa, Única, Talentosa e Apaixonante. O curso ensina as mulheres fortalecer essas 4 características" 

 

Apesar de todo o conhecimento na área, Mahmoud declarou que não é perfeito na cama "Eu recebo mensagens do tipo "você é sexológo, tenho até medo, acho que não dou conta de você", as vezes eles criam muita expectativa mas muitas vezes eu estou com preguiça e saem decepcionados. As vezes não conseguem separar as coisas" 

 

Clique aqui para acessar o site da universidade do sexo

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Please reload

Siga "famosando"
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social
  • Facebook Basic Black
Please reload

O site Famosando é um parceiro do IG Gente 
contato@famosando.com.br