Viúvo de Paulo Gustavo, Thales Bretas, desembarca no Rio com a família

Viúvo de Paulo Gustavo, Thales Bretas, desembarca no Rio com a família
Viúvo de Paulo Gustavo, Thales Bretas, desembarca no Rio com a família. Foto Agnews

Thales Bretas, viúvo de Paulo Gustavo, foi flagrado desembarcando no Rio de Janeiro com os filhos, Romeu (2) e Gael (1), com a sogra, Déa Lúcia, e com a cunhada, Ju Amaral. No aeroporto Santos Dumont, Thales Bretas foi fotografado levando Romeu, que fez aniversário nos últimos dias, enquanto Gael estava com outro membro da família.

No Dia dos Pais, o médico não deixou de homenagear Paulo Gustavo com uma declaração emocionante. “Ser pai é estar no paraíso bagunçado. É um relaxamento sob tensão. É amor e educação. Ser pai é superar egoísmo e ego pra reconhecer vidas mais importantes que a sua própria. É de repente ter medo de fazer coisas que você nunca julgou perigosas, como andar a cavalo ou de avião. É ter motivo pra acordar todo dia e se superar. Aprender e ensinar. Eu sou muito realizado de ter filhos, e tive a alegria de realizar isso ao lado de um outro pai gigante e maravilhoso, que marcou as nossas vidas pra sempre! Quero viver muitas coisas ainda junto com esses dois pedaços de mim e do PG!”, escreveu ele.

Obrigado por essa oportunidade, e obrigado ao meu pai por me dar o exemplo e me ensinar tanta coisa também pra eu passar pra frente. Sei que nem todos tem pai. Nem todos tem mãe também, como os meus. E muitos perderam peças importantes, como nós perdemos. Não podemos desistir do amor, de amar!”, finalizou.

Carnaval

Depois de uma morte triste por Covid-19, o Carnaval em homenagem a Paulo Gustavo ganha sinopse da São Clemente. Em maio a escola anunciou que mudaria seu enredo para contar a história do artista. O texto vai lembrar diferentes momentos da vida dele. Além disso, deve também dedicar setores à família e às referências de Paulo. Aliás, mãe, irmã e outros familiares acompanharam o desenvolvimento do projeto. Paulo desfilou na preta e amarela em 2013, vestido de Dona Hermínia.

O comentarista Milton Cunha ligou para o presidente da escola a fim de sugerir a temática, depois da morte do artista em maio deste ano. A escola abordaria a temática africana em 2022, mas mudou a abordagem de última hora, devido à tragédia.

De acordo com a escola, o texto é “uma fantasia clementiana para uma unanimidade nacional sobre talento bem humorado, vida fora da curva e muita solidariedade humana”. A força da imagem de Paulo Gustavo levou o Brasil a lágrimas com sua morte. O ator já recebeu outras homenagens, como uma missa de sétimo dia no Cristo Redentor e uma rua com seu nome em Niterói, onde ele cresceu.

Momentos

Dessa forma, a escola pretende lembrar diferentes momentos de sua vida. Por exemplo, deve começar o desfile lembrando a imagem irreverente, descontraída e sempre alegre do homenageado. Em seguida, prestará uma homenagem a Dona Hermínia e o personagem que o consagrou em Minha Mãe é uma Peça, que virou uma trilogia no cinema.

Depois disso, passará por homenagens à família, lembrando Thales Bretas, os filhos e a forma carinhosa como ele colocava seus parentes em primeiro lugar. Contudo, um espaço para os amigos e inspirações também é parte do desfile.

Por fim, referências a Déa Lúcia e a diversidade que Paulo representava devem entrar na avenida. Assim como inspirações que o guiaram na carreira. Com assinatura de Thiago Martins, a comunidade considera o texto uma produção da ‘Família Clementiana e pelo Povo Brasileiro Fã de Paulo Gustavo’.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente