Whindersson critica Bolsonaro em paródia: ‘Pior que coronga’

Whindersson critica Bolsonaro em paródia
Whindersson critica Bolsonaro em paródia. Foto: Reprodução/Youtube

Nesta segunda-feira (12), o Youtube lançou uma paródia em que Whindersson critica Bolsonaro. A canção Aplica Essa Vacina é uma versão de Teto, música de M4 em parceria com Matuê. Então, ele afirma, na música, que o atual Presidente da República é pior que o próprio Coronavírus. Além disso, ainda faz homanagem às vítimas fatais da Covid-19. Também porque atualmente, o Brasil já perdeu mais de 533 mil vidas para a doença.

Em ritmo de rap e funk, a letra da paródia afirma que “O mito é pior que coronga”. Mito é uma referência ao apelido que Bolsonaro ganhou nas eleições de 2018. Por sua vez, coronga é como o coronavírus é popularmente chamado. Ademais, a letra da música também lembra que o Presidente falou a respeito dos possíveis efeitos colaterais da doença, sem qualquer embasamento científico. Em evento na Bahia, ele falou que os brasileiros poderiam virar Jacaré. “Aplica essa vacina em mim, se eu virar jacaré, que se dane”, canta Whindersson.

Por fim, a música ainda presta uma homenagem às vítimas da Covid-19 no Brasil. Entre os mais de 19 milhões de infectados, 533 mil perderam a vida. Aliás, o Famosando já registrou aqui diversos artistas que se foram por causa da doença. O caso com maior repercussão, de fato, foi o do ator Paulo Gustavo, que morreu em abril, após quase dois meses de internação.

“Sinto profundamente pelas mais de 533 mil vidas perdidas no Brasil durante essa pandemia”, escreve Whindersson ao falar do vídeo. O clipe é uma animação e teve direção geral de Felipe Castanhari.

Leia mais

Juliette se posiciona contra governo Bolsonaro
Chico Buarque vai a manifestação contra Bolsonaro
Viúvo de Paulo Gustavo pede Impeachment de Bolsonaro

Manifestações

A paródia de Whindersson contra Bolsonaro não é a primeira manifestação de famosos contra o atual presidente da República. Aliás, não só celebridades, como diversos setores da sociedade já saíram às ruas contra o chefe do executivo recentemente. Enfim, Monica Martelli, Astrid Fontenelle, Chico Buarque, Samantha Schmütz, Paulo Betti e diversos outras celebridades saíram para protestar em diversas cidades do país.

Além disso, no setor político, Bolsonaro enfrenta uma Comissão Parlamentar de Inquérito, mesmo processo que deu início ao Impeachment de Dilma Rouseff, em 2016. Ademais, está sob investigação da Polícia Federal por Prevaricação, isto é, saber de um ato irregular e não fazer a denúncia. Enfim, há diversos indícios de que o Presidente esteja envolvido em esquemas de corrupção. Contudo, ele segue defendendo que seu governo é honesto.

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente