Whindersson Nunes fala sobre depressão “Tomar remédio não significa estar mal”

O humorista respondeu perguntas de seguidores sobre sua vida, sonhos e conquistas
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Whindersson Nunes aproveitou momentos de insônia na madrugada desta terça-feira (10) para responder questionamentos de seguidores do Instagram. O humorista falou que a insônia é algo recorrente na sua vida “Quando eu não tenho [insônia] até acho estranho”, disse ele que ainda abordou temas como depressão, conquistas e sonhos.

Whindersson assumiu recentemente o namoro com a estudante de engenharia Maria Lina e falou o que é importante para ele em um relacionamento. “Ficar de boa. Estando de boa, tudo fica de boa. Agora, não estando de boa, aí não está de boa”, declarou, de um jeito bem-humorado. Além disso, uma seguidora convidou o humorista para fugir e ele disse “Só fujo com a Maria”.

Whindersson Nunes fala sobre depressão "Tomar remédio não significa estar mal"

Uma pessoa, que disse tomar remédios há dois anos para depressão, quis saber se o humorista estava curado da doença, que trava uma luta há alguns anos. “Depressão é uma doença. Não tomar remédio para uma doença é como andar com uma ferida aberta por aí, é fácil se contaminar, se afetar. E você toma coisas todos os dias e não sabe, às vezes, que até te fazem mal, por que não tomar uma paradinha que vai ajudar você a se curar? Está tudo certo, irmão, tomar remédio não significa estar mal, significa que você se importa com você”, explicou Whindersson.

Conquistas

O humorista revelou ainda que tem sonhos para realizar mas ‘o que ninguém sabe, ninguém estraga’. Ele ainda disse que Deus sabe o que ele pediu a vida toda.

Whindersson contou que sua cabeça está perturbada ao perguntarem qual foi a parte mais difícil da sua carreira “Escrevi muitas coisas aqui mas apaguei porque as vezes eu esqueço que tem milhões de pessoas vendo. Mas acho que hoje é a parte mais difícil, eu amei conquistar, ganhar, vencer, crescer, nada disso foi difícil pra mim, eu amei. Mas hoje, minha cabeça tá perturbada demais, acho que essa é a parte mais difícil”.

Por fim, o humorista revelou como lida com o assédio “Não quero pros outros o que não quero pra mim, gosto de ser bem tratado, então preciso tratar bem senão eu vou ser o o famigerado hipócrita”.

Depressão

Whindersson revelou sofrer com depressão no ano passado. O humorista precisou se afastar das atividades para tratar a doença. Na época, ele falou sobre a doença ao Fantástico “É justo o questionamento das pessoas. “Eu que sou trabalhador brasileiro e trabalho das 6h às 18, tenho que me sustentar e tenho três filhos, eu que deveria ter (depressão)”. Não é algo que me revolta porque a pessoa fala isso. Na verdade, vira um problema para mim. Fico pensando: “Poxa, realmente, eu não devia ter passado por isso” disse. 

“Daí eu sou o culpado porque estou passando por uma coisa que não sei o que é, não sei como resolver, nem com quem conversar” acrescentou.

Veja Também: Não se escondem mais! Whindersson Nunes e Maria Lina compartilham momento romântico

Whidersson deu mais detalhes sobre o que sentia durante as crises depressivas “Um mix de muita coisa. Ficava conversando comigo mesmo, à tarde. Quando ia ver, já estava tudo escuro, já era noite, “meu Deus do céu, preciso tomar um banho, escovar os dentes, ir ao shopping, assistir a um filme, fazer alguma coisa, porque não estou batendo bem das ideias.” Aí eu me preocupava.”

Whindersson procurou um psicólogo e um psiquiatra. Começou a fazer terapia, passou a tomar remédios.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram

Veja também

O site Famosando é um parceiro do IG Gente